Kamikaze

Costumo dizer que sou kamikaze, no sentido em que não tenho problemas de, qual missão suicida, me atirar de cabeça para o desconhecido, colocar-me perante situações novas e fazer mudanças drásticas na minha vida. Sair da tão célebre zona de conforto.

Não digo isto de ânimo leve, é assim mesmo que tem sido na prática. Tenho aversão a apatias, comodismos e rotina, apesar de às vezes eles se instalarem nas coisinhas mais pequenas do quotidiano, mas também considero isso importante, até ao momento em que il faut changer! E … sem ilusões. Il faut SEMPRE changer!…

Aquilo que reparo é que, na primeira fase da minha vida (e até algum tempo atrás – o que deve querer significar que me encontro na segunda fase) essas mudanças ocorriam impulsionadas por uma enorme despreocupação e indiferença em relação às suas consequências e uma enorme vontade de quebrar estruturas, mudando aquilo que considerava estar “cristalizado” e já sem qualquer tipo de retorno positivo para mim e para o meu bem-estar. Era o género : vou dar cabo disto tudo e depois logo se vê, mas pelo menos acaba-se aqui com o problema. …E depois logo se vê.

Mas a dada altura, o “depois logo se vê” deixa de funcionar. Cresci e percebi isso. O “depois logo se vê” já não se enquadra bem às necessidades e acima de tudo à obtenção de retorno, na concretização de sonhos e desejos.

Ao entrar na segunda fase da minha vida mantenho este fervor pela mudança e pelo quebrar de rotinas (felizmente! faz parte da minha essência) mas aqui o nível de dificuldade é outro, mais apurado, talvez proporcional ao meu crescimento interno, também.

Os passos que me apercebo que tenho de dar devem ser orientados, estruturados, sem “logo se vê”, mas com “pensar, planificar e agir”.

Nunca tive paciência para grandes planificações e estruturações, sou mais intuitiva e liberta, apesar de ter um forte lado pragmático. Enfim, sou tanta coisa que a dispersão acaba por ser inevitável, sempre foi. Há objectivos a concretizar, há sonhos práticos a atingir e o registo Care Free passa a ter de dar lugar a uma, não digo preocupação, mas antes atenção, Foco, sobre uma estrutura planificada, que dará seguimento recompensador e trará a tal concretização.

Trará?…. a ver. Se semearmos as sementes certas, teremos também os frutos certos. Isto dá que pensar…. e o “logo se vê” não resulta, porque isso é o mesmo que se encostar à inércia, e da inércia coisa boa não se planta, nem se cresce.

E no meio disto tudo, desta segunda fase de vida, mais adulta e estruturada, há uma coisa à qual comecei a tomar maior consciência e a dar bastante valor, constatando que de facto é importante nos passos-trampolim que dou: ACREDITAR

Acreditar em mim, nas minhas capacidades. Acreditar naquilo que eu faço, acreditar naquilo que eu dou de mim. É aqui que reside todo o buzilis 🙂 da questão.

ACREDITAR – este o verdadeiro motor de mudanças, saltos de fé e insanidades saudáveis. É um processo, não se faz de um dia para o outro, mas por isso é que existe também aquela palavrinha interessante ARRISCAR … Porque não? A vida é cheia de surpresas, é uma questão de ir atirando as sementes.

Aurora Buzilis

Anka
arte de Anka Zhuravleva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nota: Kamikaze (kami significando “deus”  kaze, “vento”) é uma palavra japonesa — comum por ter se tornado o nome de um tufão que dizem ter salvo o Japão em 1281 de ser invadido por uma frota líderada por Kublai Khan, conquistador do Império Mongol. fonte Wikipédia

3 Comments Add yours

  1. Como também eu gostava de ser como um Kamikaze.
    Grato pela partilha!

    1. Grata pela tua visita Paulo e por deixares o teu comment. Que os bons ventos te guiem ;)*

      1. Muito obrigado, Aurora.
        Luz!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s