Shaman, o meu terrível

És doido. Percebi logo isso quando vi a tua garra, eras tu uma coisinha do tamanho da palma da minha mão. Insistias em viver e eu, fiz o que pude para te obedecer. Foi difícil e doloroso, mas conseguimos.

Obstinado ou devo dizer teimoso? Nunca vi como tu. E se aquilo que dizem dos animais serem um reflexo dos seus donos for verdade, posso sinceramente dizer-te que estou tramada… a bem dizer também pode explicar muita coisa… humm.

Tens a energia de um furacão e a fome voraz do mundo. As plantas e os quadros que o digam. Embirraste com eles e não há mais nada a fazer. Os cabos eléctricos também poderiam falar. Falar ou gritar de pavor por cada vez que te vêm a aproximar deles com esses dentes afiados (e ainda te faltam nascer alguns, nem imagino quando tiveres a dentição completa…)

Comunicativo. Deixas-me curiosa. Adorava perceber essas conversas abstractas e atentas que tens com os pombos, que se pavoneiam para ti através da janela. Adoro ouvir-te. E pelos vistos eles também, às vezes até parece que te provocam. Vah… sim… faz sentido. O mais giro é que nem sabia que podias emitir tais sons… pensava que seria miau e pouco mais, afinal enganei-me. E enganei-me em mais coisas. Acho que nunca tinha percebido bem a magia de ser quem és nesta forma.

Atencioso. Caramba! E de que maneira!…. Percebes sempre quando estou triste e entre turras e mordidelas (raio de mania) tenho sempre o teu apoio. Desarmas-me. Gosto disso (shiuu, é segredo).

Irrequieto (para não dizer frenético ou destravado). Essa tua hiperactividade torna-se, por vezes, insuportável. Mas eu percebo, és doido. Como só poderias ser. Se fosses de outra maneira não estarias aqui, comigo. Só assim. Felinamente doido. Genuíno. Inspirador. Divertes-me,  gosto disso (não, não é segredo).

Aurora Buzilis

P.S.: que me destruas a casa eu percebo, mas ainda vamos ter de ver melhor essa história de não gostares de Iron Maiden. humm

foto de Gosia Janik
foto de Gosia Janik

7 Comments Add yours

  1. clara diz:

    que delicia de gatucho 🙂 e de descrição…. AMO ❤

    1. o teu sobrinho é assim…. ❤

  2. Delicioso post.
    E assim são os gatos: irreverentes, com personalidade e companheiros. Adoro-os!

    1. É verdade Paulo. 🙂 Pessoalmente, sempre fui e penso que ainda sou, mais do género “dog lover” e era a isso que estava habituada, mas tenho aprendido muito com este pequenito. Aprendido, descoberto e divertido. Diferentes, mas especiais. Cada qual à sua maneira. 🙂

      1. Também gosto de cães (tenho 1 cadela Serra da Estrela) mas adoro observar os comportamentos dos meus gatos. Muito se aprende com eles, até mesmo a nosso respeito. E ver casas de aldeia com os degraus da escada cheios de gatos? Adoro! Assim era a escada da minha avó Ermelinda, agora com a doença de Alzheimer 😦

      2. curioso. também tenho essa consciência. aprendemos sobre nós e sobre uma melhor postura perante a vida. eles mostram-nos muito. 🙂
        Força e Luz

      3. Concordo.
        Muita luz!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s