Ao som do esquecimento, a realidade

Mistura-se uma peça de Astor Piazzolla com o trabalho fotográfico de Mukti Echwantono e o sorriso surge naturalmente, como que a iluminar o encontro perfeito entre as duas (p)artes.

— Nas fotografias, um desdobrar de enfática poesia despida de sonhos e desejos, porém, rica em realidade de emoções, de estados e fugas. Uma poesia avessa, que expõe de um modo muito sensível, o lado humano da mulher, através de uma viagem ao seu interior subtil.

Nessa viagem rumo ao esquecimento, soa ao longe a belíssima melodia Oblivion, ritmando perfeitamente os passos pela multiplicidade do Ser feminino, mostrada por Mukti. —

Aurora Buzilis

@ Mukti Echwantono
@ Mukti Echwantono

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s