||| Lassitude |||

foto Natalia Drepina
foto Natalia Drepina

compreendo as fronteiras da minha carne. da minha pele. porque sinto esses limites de forma tão viva, que desfaleço em cada contorno, em cada poro de espaço finito. observo. toco. sinto. choro. rio. páro. sei lê-las. dou-me a elas de forma tão intensa como a vontade que me faz desejar desprender… e mesmo assim continuar a resvalar por esses caminhos adentro.

infelizmente as fronteiras não me compreendem a mim.

Aurora Buzilis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s