Ápeiron

Tudo aquilo que desejo se torna urgente.

Para ontem, para agora, para já.

Não sou o tempo de espera entre mim e o que desejo, mas antes o espaço que o preenche dentro de mim. Sim, e eu coloco~me nele. Ele está em mim e eu estou nele.

A urgência apaga qualquer dúvida.

O desejo apodera~se de mim.

O tempo deixa de existir e transformo-me nesse espaço preenchido pelo que desejo, por essa ideia. A ideia do desejo que escolho querer manifestar. Transformo~me…

– numa árvore

– num céu estrelado

– num rio que flui tranquilamente no seu percurso

– num livro

– num sorriso

– num beijo

– num objecto precioso

– num objecto banal

– numa situação

– numa retribuição

– num sonho, num desejo

Sim, no desejo de um desejo. Urgente. Em criar ideias, sonhos, desejos. Ir buscá~los lá onde habitam e trazê~los a este mundo. Para que possam viver. Existir materializados. Manifestados. Para que possa…

Tocá~los, pegá~los, senti~los.

Haverá algo mais belo que dar vida ao desejo? Do que criar?

E logo é urgente! Para ontem, para agora, para já!

Que prazer!

E desejar sempre mais. E criar sempre mais. E ver o desejo viver!

E assim sucessivamente. Urgentemente.

Aurora

luz

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s