Gaia

Pela senda da Natureza são muitas as sensações que me envolvem a cada momento, reflexões que pairam levemente em mim, num doce vaivém energizante. Uma corrente telúrica que flui pelo meu corpo e na qual tomo um reconhecimento da mais remota antiguidade. Lá, onde a Terra era considerada como a expressão máxima do princípio Feminino – a Deusa criadora e sustentadora da Vida e de todos os seres da criação. Entrego-me a Ela, a esta grandiosa e verdadeira Mãe – que me alimenta, que me purifica, que me inspira, confia em mim e me sussurra ao ouvido, feito numa leve brisa amorosa, para que entre no seu ciclo natural, no seu ritmo harmonioso.

natur 1

– Confio em ti, Mãe! Entendo como sou uma parte de ti, apenas uma parte de ti e no entanto fazes-me sentir tão preciosa. A humanidade é uma parte de ti, apenas uma parte de ti e quão grande tem sido o teu Amor por nós. Entendo que estejas a mudar. (Sinto tanto isso.) Que nessa mudança para a expansão e elevação vibracional, nem sempre sejas suave. Na nossa vida também isso acontece. Mas confio na tua imensa sabedoria e no teu grande poder transformador e ritmo de expansão. Confio que tudo está como tem de estar e não desejo mudar nada, pois eu sou apenas uma pequena parte de ti, tal como toda a humanidade, e se eu tiver de mudar alguma coisa, será em mim própria. Em libertar-me de medos, de resistências que me impeçam de fluir e crescer contigo… em ti.

natur 3

“Somos parte da Terra e Ela é parte de nós. A Terra não pertence ao homem, o homem é que pertence à Terra. Todas as coisas são interligadas, assim como o sangue nos une a todos. O homem não teceu a teia da vida, é apenas um de seus fios. O que quer que ele faça à teia, fará a si mesmo.”

Chefe Seattle na carta escrita em 1852 ao Presidente dos Estados Unidos

Não acredito que possas ser destruída, não por nós. Não acredito que te seja tirada alguma coisa contra a tua vontade.

“O homem não pode destruir a Terra, mas apenas a sua capacidade de viver nela.”

natur 5Quero melhorar o meu diálogo contigo. É isso que quero. Não sei da Humanidade, mas eu quero fazer isso.

Porque sei que falas comigo de tantas maneiras… Quero saber ouvir-te. Quero ser o melhor que eu possa ser. Quero aprender contigo.

Aurora

(imagens di Aurora)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s