Observar

Observo a dor à minha volta e é tanta. Como se de um culto se tratasse, as pessoas ajoelham-se perante ela e adoram-na. Como se não houvesse mais nada, como se nada mais importasse ou como se fosse um meio para atingir um determinado fim elevado, uma justificação para a Vida, uma desculpa para existir. Agarram-se a…

O meu Ritmo

Sou rápida por natureza. Se é que se pode dizer que seja da minha natureza!… Mas sempre me conheci assim: rápida. intensa. súbita. inesperada e efémera. Consequentemente, a minha atenção não deixava de captar o ritmo lento ou mais lento daquilo e daqueles que me rodeavam, achava-lhe uma “quasi” procrastinação que me fazia querer ser ainda…

Amor de Hula-Hoop

Adoro Hula-Hoops. Tive um quando era mais pequena, que terminou tragicamente debaixo da roda de um carro. Lembro-me o quanto o estimava e o quão doloroso para mim foi, descobrir os seus restos mortais espalhados pela garagem lá de casa. Um velho trauma superado (ou quase). Recentemente adquiri outro Hula Hoop. Não é tão bonito…

Fora de mim

Algumas vezes escrevo aquilo que estou a precisar de ouvir. Como se a visualização das palavras, fora de mim, me trouxesse um novo entendimento, conforto ou entusiasmo. ex.: * o reflexo no espelho que viste no sonho já não é real * Dez. 2012 Aurora Buzilis

Mandamentos de Henry Miller – Inspiração

Henry Miller. 26 de Dez 1891 – 7 Jun 1980. Se eu acreditasse no conceito romantizado de alma gémea, este seria sem dúvida (na minha opinião) um dos meus possíveis candidatos a alma gémea. Adoro-o. Não só pela obra que deixou, mas por tudo aquilo que sei dele enquanto pessoa, enquanto humano, enquanto raciocínio, pensamento…

Kamikaze

Costumo dizer que sou kamikaze, no sentido em que não tenho problemas de, qual missão suicida, me atirar de cabeça para o desconhecido, colocar-me perante situações novas e fazer mudanças drásticas na minha vida. Sair da tão célebre zona de conforto. Não digo isto de ânimo leve, é assim mesmo que tem sido na prática….

Sou longe

Sou longe. Mas isso não faz com que eu não sinta a proximidade. Não sei porquê, mas é assim. Ser perto nem sempre significa que se sente. Estar próximo nem sempre significa Ser. Às vezes perco a noção do que é Ser com os outros, mas sinto-os na mesma. Posso dizer que os sinto muito…

Converseta

– E se te dissesse que tudo aquilo que evitas ou receias é a estrada para a tua libertação? E quando te abres à experiência: em segundos, cresces uma vida inteira. Cresces em partes iguais no todo que és tu. Cresces harmoniosamente. O caminho em frente é imprevisível e desconhecido. Já é, neste preciso momento. Não é…

Permissão

Morres, em mim de vez. E permito-me viver.   Aurora Buzilis foto @ Jan Saudek

A integração do Eu

♪ ♫   I count my stars   ♪ ♫ A integração do Eu. Eu sou várias e várias sou eu. Porque é que tantas vezes me sinto à beira do choro e nada sai? Sinto-me confortável nos mais variados elementos e ambientes e em todos eles tenho perfeita consciência de mim. O tempo não passa, o que…