Mandamentos de Henry Miller – Inspiração

Henry Miller. 26 de Dez 1891 – 7 Jun 1980. Se eu acreditasse no conceito romantizado de alma gémea, este seria sem dúvida (na minha opinião) um dos meus possíveis candidatos a alma gémea. Adoro-o. Não só pela obra que deixou, mas por tudo aquilo que sei dele enquanto pessoa, enquanto humano, enquanto raciocínio, pensamento…

Requiem por um silêncio em mim

E acabámos por ter o nosso silêncio. Só nosso. Não é propriamente o silêncio que a um momento pensámos ter, mas é nosso. Tenho saudades tuas, talvez porque não tenha motivos para não ter. Gostava de ter motivos para não ter. Será que se tivesse ia sentir a mesma coisa? Diferente talvez, mas a mesma…

Converseta

– E se te dissesse que tudo aquilo que evitas ou receias é a estrada para a tua libertação? E quando te abres à experiência: em segundos, cresces uma vida inteira. Cresces em partes iguais no todo que és tu. Cresces harmoniosamente. O caminho em frente é imprevisível e desconhecido. Já é, neste preciso momento. Não é…

A integração do Eu

♪ ♫   I count my stars   ♪ ♫ A integração do Eu. Eu sou várias e várias sou eu. Porque é que tantas vezes me sinto à beira do choro e nada sai? Sinto-me confortável nos mais variados elementos e ambientes e em todos eles tenho perfeita consciência de mim. O tempo não passa, o que…

Esparrela sacana

Na vida percorremos o nosso caminho, avançamos muitas vezes a medo, outras vezes mais convictos. Encontramos obstáculos, às vezes desviamo-nos, lutamos traumas e apegos, crescemos (há quem não aprecie muito esta parte). O esforço que cada um faz, cabe-lhe a si e a mais ninguém. Bem como as decisões que são feitas e as atitudes…

Toma lá que já almoçaste!

Aquela sensação de descobrir que o nosso pior medo, aquilo do qual fugimos religiosamente uma vida inteira, é no fundo aquilo que sempre praticámos. A ilusão de uma verdade que confortavelmente criamos para nós. Nunca tão confortável assim. A salvação e a condenação na mesma conduta de vida: o bom caminho depende apenas da perspectiva…

Ao ritmo de um bailado mental

Eu não pertenço aqui Eu não pertenço a mim Sinto-me fria e distante de tudo e de todos Sinto-me quente e próxima de nada e de ninguém Encaixes perfeitos que não fazem sentido. Quero partir Quero ficar Quero sentir Estou farta que falem comigo e não digam nada, que mostrem e não sejam nada. Não…

Oi?…………..

Todos os dias fazemos escolhas. Todos os dias tomamos decisões. Mesmo quando escolhemos não decidir. Todos os dias damos um ou vários passos para percorrer O caminho,… ou não. Às vezes pensamos nisso, reflectimos, outras vezes, nem pensamos nisso e é natural. Às vezes até é mecânico. Todos os dias estamos mais próximos, ou mais…

Dualidades

É possível querer e não querer, ao mesmo tempo? foto @ Jan Saudek